PYROCLASTIC
Bruna Cruz / Margarida Coelho / Maria João Mestre

ISSUE 1:
MAY THE BRIGHT SUN RISE AGAIN

O mundo tem permanecido em constante ebulição. Economias à beira do colapso, falsas democracias ou escassez democrática, aversão contra a corrupção e a desigualdade, são fatores que levam todos os dias multidões à rua. Grandes manifestações, violentos confrontos com a polícia, pneus e prédios incendiados, lojas destruídas. Músicas, cantos, danças e flash-mobs: multidões que se reúnem e desaparecem em lugares inesperados, organizadas por aplicações de mensagens criptografadas, para que os manifestantes possam esconder a sua verdadeira identidade. Tudo isto faz parte de uma realidade que ultrapassa a esfera individual para fazer parte de uma identidade coletiva.

PYROCLASTIC MAGAZINE tem por objetivo documentar as últimas ondas de protestos que assolam o planeta a partir das ferramentas oferecidas pelo design, comunicando, informando e estimulando uma reflexão. Tal como um vulcão, a imprevisibilidade dos protestos consome a nossa atenção e, por consequência, as vidas daqueles que se mantêm sobre a sua nuvem ardente. Quebrando barreiras, incendiando solos, atravessando oceanos e continentes, as repercussões são naturalmente perigosas.

No primeiro número, o nosso olhar recairá sobre os confrontos de Hong Kong, o território autónomo chinês encoberto pela penumbra que esconde a luz da libertação – «May the bright sun rise again». Da origem dos protestos, aos problemas de identidade, das figuras da revolução aos meios de comunicação e mass media, faz-se um retrato da atmosfera de tensão que se instala, sem porém esquecer a esperança daqueles que aguardam por um futuro melhor.

WEBSITE